A Casa

Restaurante Dicila

Era uma vez...

Em fevereiro de 1985 morávamos em um acampamento de obras em Barueri-SP onde José Maria trabalhava como encarregado de obras, Regina era dona de casa e cuidava da Priscila que tinha 3 anos e Diogo que nascia em agosto de 1985.

Vivia-se uma crise econômica no país com altos níveis de inflação, onde se viu necessário à diminuição da carga horária dos funcionários, assim, a cantina da empresa responsável pela obra passou a trabalhar de segunda a sexta, deixando os operários sem refeição, pois moravam em alojamentos na pedreira que ficava a 7 km da cidade mais próxima. Com isto, Regina viu a oportunidade de servir “marmitas” para os trabalhadores que ficavam no alojamento no fim de semana. Passaram-se dois anos e começamos a montar cantinas em obras.

Em 1990 foi devidamente batizado, o nome da empresa seria Dicila, a junção dos nomes dos filhos.

 

 

Em 1996 chegamos a ter 5 cantinas ao mesmo tempo. Vendo a necessidade de dar mais atenção aos filhos, decidimos montar um restaurante na garagem de casa localizada no Parque Arariba na periferia de são Paulo.

 

 

 

 

O espaço era pequeno e a casa com várias modificações e pequenas obras foi se adaptando para se tornar um restaurante. A clientela também crescia junto com a melhoria do bairro. Além de servir refeições no local começamos a entregar nas residências e obras de saneamento e avenidas do bairro.

 

 

 

No ano de 2003 conseguimos comprar o tão batalhado terreno onde seria construído o “restaurante de nossos sonhos” que se localizava a uma casa de nosso pequeno restaurante. Trabalhávamos nas horas vagas como pedreiros para dar andamento na obra, pois o dinheiro se dividia em pagar as prestações do terreno e o custo com o material de construção.

No meio do ano de 2008 com a obra em fase de acabamento, Regina assistindo ao programa do Gugu, que era exibido aos domingos no SBT, viu a chamada onde ele dizia que se você tinha um sonho de ter o seu negócio que escrevesse uma carta ou e-mail contando sua história. Pois bem, ela mandou e disse que o seu sonho e de seu esposo Jose Maria estava perto e que precisavam da cozinha planejada tão sonhada, não aquela que se adaptou a suas necessidades. Que já tinham o local de seu novo restaurante, mas que seu orçamento havia acabado e sua obra estava parada.

Foi então que no fim de novembro de 2008 tivemos a surpresa e em nossa frente, ali comendo nossa comida em nosso pequeno restaurante, estava o próprio apresentador do programa que lhe daria a cozinha que sonhava. Como a obra não estava terminada para poder receber os equipamentos da cozinha, Gugu falou que estava ali para  dar continuidade na obra e todos os equipamentos necessários para um grande restaurante, que em 15 dias seu maior sonho de toda uma vida dedicada a sua profissão estaria pronto e de uma magnitude nunca sonhada.  Para isto, eles não poderiam ver, seria uma surpresa, teriam que viajar para não verem o decorrer da obra.

Em 05 de dezembro de 2008 chegou a hora sonhada, a entrega de seu presente a maior Ascensão das nossas vidas...

Pois bem, vivemos esse sonho todos os dias, nos dedicando aos nossos clientes que confiam em nosso profissionalismo atendendo as suas e nossas expectativas de alimentação e bem-estar em nosso restaurante.